O TEMPO

O tempo não precisa de relógio
O amor dispensa o calendário
As horas são apenas um refúgio
Para quem entende tudo ao contrário
O tempo passa sozinho
Ninguém precisa de o acompanhar
Ele nem sequer tem um ninho
Porque o mundo é o seu lugar
Faz de nós tudo o que ele quer
E nós não sabemos o que fazer com ele
Transporta-nos sem perguntar sequer
Num espaço que é todo dele
Sonhamos com o tempo para amar
Perdemos dias a procurar esse momento
Ficamos sem tempo para namorar
As horas não entendem o nosso sentimento
O tempo vale-se da sua magia
Usa o truque dos anos
Para nos iludir com a sua fantasia
E nós tão tolos, não vemos esses enganos
Mas ele, passa o tempo sozinho