Foste tu!

Foste tu
O vendaval sem rumo
que assolou a minha existência!

A tempestade de areia
Que subterrou todos os meus lamentos.

A massa de ar frio
que me aqueceu quando um arrepio
me subiu pelo corpo
deixando que o amor ganhasse a batalha.

Foste tu
Que numa manhã de um dia
sem história
marcaste o teu nome no meu destino!

Era tarde
Mas ainda a tempo de me mostrar a realidade.

Trazias nos sonhos
Retalhos de um fato que já não te servia.

Pediste-me a sorrir para ficar
e eu aprendi a amar-te
com uma intensidade que não conhecia.

Rasgamos o passado
Arquivamos memórias
Desenhamos linhas para o futuro
E fomos viajar na rota desse amor

Foste tu
Que chegaste sem avisar
E ao ouvido da minha alma imploraste
que era tempo de eu lutar
O amor esperava por mim
O silêncio tinha chegado ao fim

Foste tu
Que de dois fizeste apenas um !

@angela caboz

feliciade

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s