A ESPERANÇA

50969845_1004123466441526_344996190103797760_n

 

Conheci ontem a esperança….

Caminhava com passos lentos
E ainda, tinha o rosto de uma criança
Olhava em redor, com gestos atentos
Não carregava tristeza nos ombros


Era diferente, do que eu imaginava nos sonhos
Não caminhava por entre os escombros
Nem vivia aprisionada a sentimentos enfadonhos


Toda ela irradiava alegria
Tinha os olhos postos no futuro
O passado, para ela, já não existia


Esse tempo era obscuro
Apenas as boas recordações guardaria


Convido-me para a acompanhar
Disse-me que podíamos caminhar lado a lado


Eu ainda tinha muito caminho para andar
E havia um segredo que ela tinha guardado

Fez-me jurar que eu não desistiria


Que o meu fado, ainda só ia a meio
Muita água sobre esta ponte passaria
E eu não deveria ter receio


Por isso, dei o braço à esperança
Guardei as recordações da criança


E fui ali tentar viver
Porque já estou cansada de sofrer


Sei que tu esperas por mim
No final de uma aquela esquina
O destino prometeu-me um amor sem fim
E amar-te, eu sei, será a minha sina

 

@angela caboz

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s