Esta, sou eu, só assim sei amar.

estasou

Eu sou assim, tal e qual como os teus olhos me vêem. Simples e complicada ao mesmo tempo. Insegura e pura, mas por vezes sensual e atrevida.

Transformo-me consoante o chão que piso, para não ser pisada pelo mundo que não me compreende. É este o meu jeito de ser. É esta a mulher que a tua alma entendeu, ainda antes de os teus olhos a terem contemplado.

Esta, sou eu, sem tirar nem pôr. Vivo assim, à minha maneira. Vivo ao ritmo dos meus sentimentos. Escuto a voz do coração, ouço a música dos meus sonhos.

Tento fazer com ela uma equação que me mostre o caminho certo para chegar a quem sorri para mim, sem que lhe conheça o rosto. A quem me estica os braços, num gesto de conforto, para que os meus dias deixem de ser cinzentos. A quem me protege dos ventos gélidos do sofrimento, escondendo-me num abraço de almas que se conhecem desde sempre.

Aprendi a moldar o meu coração, deixando que seja ele a ter a última palavra. A decisão final é sempre dele. Mas eu ensinei-lhe que só devemos compartilhar sorrisos com quem nos empresta abraços. Que as lágrimas se dividem com quem nos oferece um ombro para chorar. É isso, que faz com que cada momento seja único. Que cada segundo valha a pena viver, para podermos compartilhar a vida com quem nos quer acompanhar.

Esta, sou eu, só assim sei amar.

Descobri um dia que as noites não tinham de continuar a ser tristes. Que nelas também pode existir emoção. Que podemos escutar os cânticos da felicidades se souber dar as mãos aos nossos sonhos e desenhar a rota certa para o futuro.

Quem nunca pecou, não sabe o que é o amor. Jamais viveu. É apenas um defunto que se arrasta pela vida.

Só quem não provou o gosto do amor, pensa que amar é crime. É com essa esperança que caminho pelos prados da vida, onde o amor me espera. Esta, sou a que para o amor nasceu!

@angela caboz